sexta-feira, 15 de julho de 2016

TRIBUNAL DE JUSTIÇA REVOGA PRISÃO DE PREFEITO E SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PAULO RAMOS.

Prefeito de Paulo Ramos, Tanclêdo Lima.


TRIBUNAL DE JUSTIÇA REVOGA PRISÃO DE PREFEITO E SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PAULO RAMOS.

 
O prefeito de Paulo Ramos, Tanclêdo Lima – que já estava em prisão domiciliar, na Capital, teve sua prisão revogada, ontem, 14. Foi revogada, também, a prisão do irmão do prefeito, Kinkas Araújo, que é Secretário de Educação do Município.
 
A decisão de revogação, agora, é do relator do processo, o desembargador Tyrone José Silva, que entendeu não haver motivação e elementos suficientes para a prisão do gestor e do secretário. Aliás, o desembargador Tyrone já havia negado pleito nesse sentido, no ano passado, quando determinou busca e apreensão na Prefeitura de Paulo Ramos. Mas quando entrou de férias, o desembargador substituto, Raimundo Melo – sabe lá Deus por que, entendeu de determinar a prisão dos dois, sem a demonstração cabal de necessidade, já que o prefeito Tanclêdo Lima, sempre se colocou à disposição da apuração que investiga crime de agiotagem e outros delitos em prefeituras no Maranhão.
 
“Sempre me coloquei à disposição. Compareci duas vezes lá, uma delas fui voluntariamente, a fim de prestar todo o tipo de esclarecimento”, diz Tanclêdo Lima, que é médico com boa experiência e com grandes serviços prestados em alguns municípios do Estado, inclusive em Paulo Ramos.
 
A Prefeitura de Paulo Ramos chegou a emitir nota de esclarecimento, logo depois da operação que ensejou as duas prisões, inclusive quanto à falta de necessidade da medida, ressaltando seu lado excessivo, por trazer, inclusive, certa instabilidade ao Município, além, claro, de danos à imagem dos envolvidos.
 
O Prefeito Tanclêdo Lima – que ainda está em São Luís, deverá chegar em Paulo Ramos, com o secretário Kinkas Araújo, neste sábado, para continuar o comando da municipalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário