domingo, 14 de agosto de 2016

MAGNO MALTA: O SENADOR TERÁ QUE PROVAR QUE NÃO RECEBEU "CAIXA 2" E NEM "CAIXA 3".

Victor Costa, dono da Itatiaia, e Magno Malta, senador: uma união que vem de longe.

MAGNO “MALTÁ”: O SENADOR RECEBEU ‘CAIXA 2’ DA ITATIAIA OU NÃO? Ainda não há ‘Caixa 3!’

O Senador Magno Malta, do Espírito Santo – aquele que é intransigente e determinado em suas posições, no Senado, tem um grande e comprido ‘abacaxi’ pela frente: ele terá de ser firme, também, para esclarecer se recebeu ou não, R$ 100 mil ‘por fora’, da Itatiaia – empresa de móveis, que pertence a um grande amigo seu, Victor Penna Costa – que ajuda alguns candidatos em período eleitoral.

E-mails já em poder da imprensa nacional dão conta disso, ou seja, que houve aquele ‘velho e bondoso’ repasse ao senador, através do conhecido artifício de fazer uma nota fiscal de um ‘serviço’, as tais e surradas ‘consultorias’ – que também são mencionadas nos referidos e-mails.

O Senador Magno Malta, com ‘unhas e dentes’, nega tal ocorrência. E-mail antigo, com a fala do senador consta diálogo deste, dizendo ‘desconhecer’ o episódio – o que, todavia, não diminui o tamanho do imbróglio.... ele ainda vai render muito mais, não tenha dúvida disso.

Nos e-mails encontrados, há relatos de que o intransigente Magno Malta, também passeava no jatinho da empesa Itatiaia – uma prática, diga-se passagem, bastante corriqueira entre os políticos e empresários do País. Aliás, quando se é obrigado a andar de jatinho para fazer campanha eleitoral por lugares variados e distantes, alguns políticos não são tão ‘intransigentes’ assim. Eles ficam maleáveis, até dizer chega. Eles só ‘endurecem’ mesmo quando estão no Parlamento, em público, com transmissão pela TV, ao vivo.

Esse resultado, tudo indica, é obra do atual ‘modelo político’, que muitos dizem que está viciado, mas na hora de mudar, muita gente deixa pra depois: “depois a gente muda, depois a gente melhora o sistema!”

Há alguns bacanas, em Brasília e também nos Estados, que, de tão ‘teimosos’, dizem: “o sistema não é tão ruim assim.... vamos testar mais um pouco; se não prestar, daqui a uns cem anos, a gente faz outro similar”.

Nesse embalo, a ‘bola’, sempre é jogada pra frente.... o prejuízo, como se vê, nunca muda de lado, viu!

É por isso, que muita gente já se acostumou, e até concorda com a frase, de que o “Brasil não tem jeito”.

Ficaria melhor agasalhada, se disséssemos que o “Brasil não tem outro jeito”. Aí sim, ficaria melhor e mais lógica. Dou meu ‘aval’. Mas nada de fazer mistura com o episódio do nosso Senador Magno.... ele já tá “Mal, tá!”. Espero que você ‘entenda’ todo o episódio.

Ah, lembrei de fazer um ‘importante’ registro: é que no e-mail que fala do repasse para o Senador Malta, uma pessoa fez questão de pedir uma ‘providência’: “... depois apague o assunto”.

Eta, Brasilzão bam!

Garanto uma coisa a vocês: mudar daqui, nunca! sou doido, não; tô ficando é velho.

2 comentários:

  1. Logo o Magno Malta que se dizia de conduta ilibada? Amigos, de alguma forma, a verdade sempre sobressai.

    ResponderExcluir
  2. Logo o Magno Malta que se dizia de conduta ilibada? Amigos, de alguma forma, a verdade sempre sobressai.

    ResponderExcluir