quarta-feira, 26 de abril de 2017

STF DECIDE REVOGAR A LIBERDADE DO GOLEIRO BRUNO.. ELE VAI SE APRESENTAR HOJE.

Bruno, no dia da saída, com a namorada e seu advogado, Lúcio Adolfo.

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DECIDE REVOGAR A LIBERDADE DO GOLEIRO BRUNO...

O goleiro Bruno, acusado de envolvimento na morte de Eliza Samudio, por ordem do STF, ontem, teve sua liberdade revogada, ou seja, ele deverá voltar a ser preso, consoante determinação da 1ª. Turma do STF – a decisão cassou liminar do ministro do próprio STF, Marco Aurélio Mello, concedida há 2 meses. Na época, Marco Aurélio entendeu que Bruno não poderia continuar preso por mais tempo, tendo em vista que seu recurso de apelação está no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, à espera de apreciação, mas sem qualquer culpa do então paciente.

Bruno já ficou preso 6 anos e 7 meses, sem uma condenação definitiva sobre sua culpa.
A defesa do goleiro (Lúcio Adolfo) disse que vai tentar levar o caso para o Pleno do STF.

Bruno deverá se apresentar, nesta quarta ao juiz da Vara de Execuções Penais, para saber se vai retornar para a APAC - Associação de Proteção e Assistência ao Condenado de Santa Luzia/MG ou se será encaminhado para outra localidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário