domingo, 21 de maio de 2017

A FRIBOI, A JBS E SUA 'BOA CARNE'...


A FRIBOI, A JBS E SUA ‘BOA CARNE’....

O Brasil, ao que parece, anda na trilha de uma realidade ‘dura’. A realidade é que a Friboi – que é comandada pela JBS, não tinha como cardápio principal e mais importante, um produto para abastecer a mesa do brasileiro.... o alimento da empresa era aquele que se propunha a alimentar a ganância de políticos, com suas ‘fomes’ cada vez mais agudas, através de polpudas ‘verbas’ – o ingrediente que ajudou a acabar com a legitimidade das eleições do Congresso Nacional brasileiro, incluída a ‘preparação’ do Impeachment de Dilma Rousseff, em 2016.

O dono da JBS, Joesley Batista, em delação, diz que comprara apoios em favor de Dilma Rousseff, mas não fizera qualquer menção se também atuara no sentido contrário, em favor de Michel Temer – uma ‘especialidade’ do empresariado do País: fazer ‘doações’ para os dois lados, na disputa, para segurar as ‘duas pontas’, garantindo, com isso, parte do ‘investimento’.

E, agora, far-se-á eleição indireta, ou direta – que ainda não é prevista na Constituição Federal, para a hipótese de sepultamento definitivo do ‘cadáver político’ Michel Temer?

Que encruzilhada, viu! Claro que a eleição indireta (prevista no ordenamento), é mais rápida e mais descomplicada. Mas, como trilhar tal ‘caminho’, com um Congresso Nacional quase todo enlameado, pelas propinas, inclusive as vindas por intermédio do sangue putrefato da JBS que, horas antes da votação do Impeachment, concordou em comprar 5 deputados, ‘na folha’, ao invés de 30 parlamentares que um intermediário lhe ofereceu? Não há ‘sinuca de bico’ maior que esta! O nosso vexame também já ultrapassa fronteiras! Está, seguramente, em todos os Continentes...  

Estamos, nós brasileiros, no ‘mato-sem-cachorro’.... Michel Temer é apenas o ‘cadáver’ mais ilustre de uma República de ‘famintos’, por conta do cargo ao qual se atracou e que, em condições tão desfavoráveis, ainda encontra forças para berrar, ao dizer que “NÃO RENUNCIAREI”.  Será preciso declamar a receita contida no Artigo 1º., Parágrafo único, da Carta Magna, sobre “todo o poder emana do povo?”. Como fazer isso, logo para um personagem rotulado como um constitucionalista??

O momento é difícil, ou mais do que isso.... Mas o sangue da Friboi, há muito, vem cheirando mal. Nós é que tínhamos dificuldades para lançar essa conclusão em todas as dimensões.

Perdeu-se uma boa oportunidade..... a própria JBS deu o ‘pontapé’ inicial, ‘estraçalhando’ a sujeira que ajudou a contaminar nossas instituições.

O Brasil é mesmo cheio de ‘contradições’.

E o pior é que essas contradições não vão acabar tão cedo..... Ainda é preciso esperar o que vem por aí...

Que destino cruel, viu!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário