quinta-feira, 1 de junho de 2017

CÂMARA DOS DEPUTADOS APROVA A LEGALIZAÇÃO DA PRÁTICA DA VAQUEJADA

vaquejada, em uma cidade do Nordeste.

CÂMARA DOS DEPUTADOS APROVA A LEGALIZAÇÃO DA PRÁTICA DA VAQUEJADA

A vaquejada – que algumas entidades de proteção dos animais combate, com ‘unhas e dentes’, está sendo legalizada, pela Câmara dos Deputados, num projeto de emenda à Constituição. A aprovação da matéria foi nesta quarta-feira, 31.

A atividade será, a partir de agora, considerada manifestação cultural e, assim, não mais tida como cruel.

A força dos movimentos, especialmente no Nordeste – onde a vaquejada é muito praticada, foi tal que somente 50 deputados votaram contra, tendo havido 373 votos favoráveis à iniciativa.

Um deputado que defende os movimentos de proteção aos animais disse que o Brasil está na contramão da história, pois está aprovando uma prática medieval, ou seja, atrasada.

Agora, vaquejadas e também rodeios são bens integrantes do patrimônio cultural brasileiro.

Pesou, na votação, o fato de a vaquejada, assim como o rodeio, ser uma atividade que gera bastante emprego em muitas regiões do País.

Valeu boi!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário