terça-feira, 3 de abril de 2018

ROBERTO ROCHA ACENA PARA O COMEÇO DE UMA DEFINIÇÃO SOBRE O GRUPO DE OPOSIÇÃO NO MARANHÃO: CHEGOU A CITAR O NOME DE BRAIDE...


Imagens: blog do Marco D´Eça.

ZÉ REINALDO, ROBERTO ROCHA E EDUARDO BRAIDE: MAIS DÚVIDAS OU O COMEÇO DA DEFINIÇÃO?

Ontem, escrevemos, aqui, com o título o ‘acerto da indefinição’, sobre o processo eleitoral, a partir da união desses três personagens, formando, assim, um novo bloco das oposições para a disputa da eleição no Maranhão, em contraponto a Flávio Dino e a Roseana Sarney, dada a possibilidade visualizada por muitos eleitores, hoje descontentes com estas duas últimas estruturas políticas.

O deputado federal Zé Reinaldo já fez anúncio de sua ida ao PSDB, comandado pelo Senador Roberto Rocha, pretendente à disputa ao Palácio dos Leões, uma aspiração enxergada por Reinaldo, mas em benefício do deputado estadual Eduardo Braide. Zé Reinaldo, inclusive chegou a dizer que, mesmo no bloco do PSDB, iria ter como candidato ao Governo o próprio Braide, e que, assim, Geraldo Alckmin teria dois palanques no Maranhão – uma estratégia, às vezes, usada na política, para agasalhar as conveniências momentâneas.

Agora, vem outro fato, que esclarece, mas também traz dúvidas: o Senador Roberto Rocha declara que Eduardo Braide vai compor com o grupo, e pode ser na chapa majoritária (Governo) ou na proporcional (Assembleia).

Pois bem.... Eduardo Braide, sobre isso, nada falou, e o prazo da filiação a novo partido está acabando (dia 7).

Como se vê, se não há avanço substancial sobre uma boa definição, ao menos as dúvidas se dissipam, já que, para o grupo das oposições, ter Braide como candidato, passou de possibilidade para probabilidade, pois tal indicativo vem daquele que é visto como obstáculo para a formação de uma estrutura capaz de trilhar os caminhos do Maranhão, para vender uma nova proposta político-administrativa. Roberto Rocha, talvez, com essa iniciativa, queira deixar claro e mais do que claro, que ele está agido como uma espécie de árbitro, atuando como comandante desse desfecho que, desde muito, está sendo aguardado por muitos atores da política maranhense.

Será que, enfim, as oposições caminham para fazer o anúncio que pode trazer uma alternativa de poder político no Maranhão?

A depender da resposta, o quadro pode mudar muito.... Flávio Dino pode se preocupar, já que um segundo turno, em tais circunstâncias, seria uma grande certeza. Roseana Sarney, por sua vez, poderia se preocupar mais ainda, já que uma subida inicial considerável de Eduardo Braide poderia significar mais empolgação e musculatura, capazes de tirar Roseana do páreo.

Nessa perspectiva, Flávio Dino poderia encontrar um obstáculo que ele nunca desejou enfrentar, para se manter no Palácio dos Leões.

É aguardar.... tem muita água para passar debaixo da ponte. E nós estamos em ‘tempos chuvosos’.

Nenhum comentário:

Postar um comentário