terça-feira, 15 de maio de 2018

SENADOR ROBERTO ROCHA VAI 'BRIGAR' COM O 'DETECTOR DE CORRUPÇÃO'....


SENADOR ROBERTO ROCHA VAI ‘BRIGAR’ COM O ‘DETECTOR DE CORRUPÇÃO’....

O ‘detector de corrupção’ é uma novidade e tanto, em matéria eleitoral: é um aplicativo revolucionário que, com a utilização de uma simples fotografia do candidato – tirada ali mesmo – a resposta vem que é uma beleza. Por este aplicativo, basta cruzar a foto que você tirou do sujeito – geralmente um candidato, para ter o resultado, de forma instantânea, ou seja, em segundos. lá vai sair a lista... dos inquéritos policiais, das ações penais/cíveis de improbidade e também das condenações, se existirem. Você pode, nessa última hipótese, de condenação, até mesmo ajudar a Polícia, chamando-a para efetuar a prisão do foragido. Mas cuidado! Não se aventure nisso! Deixe para a Polícia cuidar desta obrigação, já que a condenação pode não ter dado origem a mandado de prisão. E mais: o ‘Detector de Corrupção’ pode estar veiculando informações, digamos assim, impróprias e/ou divergentes, apontando um cenário que não condiz com a realidade. Mas a ferramenta é boa, e promete revolucionar.... e também incomodar muita gente.

Pois bem....

Este é o caso de Roberto Rocha, Senador maranhense pelo PSDB, pretenso candidato ao Governo do Estado nas eleições deste ano – um dos concorrentes do atual Governador, o comunista Flávio Dino/PCdoB.

Roberto Rocha já ‘bateu o martelo’: segundo o Senador, o ‘detector de corrupção’, em seu caso, traz uma informação, digamos, indevida, por mencionar a existência de supostas irregularidades em processo de prestação de contas da campanha de 2014, já resolvidas pela Justiça Eleitoral e, portanto, objeto de indevida anotação no referido aplicativo, o chamado App.

Claro que é ruim fazer parte de uma espécie de ‘cadastro da sujeira’, mas é preciso ir devagar. Vamos ver o que será decidido, pelo App., quando Roberto Rocha fizer seu pleito.

O eleitor já sabe que Roberto Rocha não tem inquéritos, processos penais e/ou condenação, com menção no ‘detector’.... o parlamentar é um ficha-limpa. Mas Roberto quer mais um pouco; ele não quer, nem mesmo ser citado por lá.

Pelo visto, o aplicativo vai forçar muita gente a caminhar no rumo da limpeza. Vai faltar 'sabão'....

São os tempos....

Nenhum comentário:

Postar um comentário