quarta-feira, 31 de outubro de 2018

SÉRGIO MORO ‘BALANÇOU’ COM O CONVITE DE JAIR BOLSONARO, PARA ASSUMIR O STF OU O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA....

Moro: 'balança' e 'balança'..

Ao que parece, o juiz federal responsável pelos casos criminais da Lava-Jato, em Curitiba (13ª. Vara Federal), Sérgio Moro, deu uma ‘balançadinha’ ao convite do Presidente eleito, Jair Bolsonaro, para ser indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal – STF, ou assumir a pasta do Ministério da Justiça, em sua Gestão, a partir de janeiro de 2019.

Não se sabe qual o convite que ‘balançou’ mais o magistrado: se uma vaga no STF, apenas em 2020 – quando o ministro Celso de Mello se aposentará, ou ser o comandante do Ministério de Justiça, uma pasta estratégica, por conta da onda de insegurança e de grandes investigações no País, sob a condução da PF, uma instituição que ficaria.

O que se sabe, mesmo, é que Sérgio Moro, em resposta à “lembrança” de seu nome, diz que, caso o convite se efetive, ele será objeto de “ponderada discussão e reflexão”.

Há outro ingrediente que vai contar muito: a Vara de Sérgio Moro está, digamos assim, na ‘rabada’ em relação aos casos da Lava-Jato, ou seja, o grosso, vamos dizer assim, dos processos envolvendo casos de corrupção, já foi objeto de sentença finalizada. E Sérgio Moro sabe que a oportunidade não é de se jogar fora. Mas há também os obstáculos: na 13ª. Vara Federal, em Curitiba, Sérgio Moro manda; já no Ministério da Justiça, por exemplo, o juiz ficaria, claro, sob a hierarquia do ‘regente-maior’, no caso, o Presidente Bolsonaro, um personagem, cujo temperamento não se sabe ao certo como funcionaria sentado na cadeira presidencial.

Vai haver muita reflexão, ou melhor, reflexões por parte do magistrado!

A situação é pra 'balançar' mesmo!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário