domingo, 23 de dezembro de 2018

PREFEITO DEUSIMAR SERRA DIZ QUE VAI PAGAR O 14º SALÁRIO.... É UmMô+Eu, por



Alex Barroso*

Atenção! Atenção! Estamos chegando para animar o domingo, que está monótono que é uma beleza. A monotonia em Paulo Ramos é tanta que já tem gente pedindo para ser internada num asilo.

Pois é.... e dizem que a monotonia deste domingo, na cidade, tem uma explicação: o povo só fala em 13º. Salário, aquela verba que muitos Prefeitos querem deixar ‘para depois’... (traduzindo: querem enrolar os servidores públicos). Claro, se der certo. Como diz o ‘caba’: se colar....
  
Deusimar Serra, por sua vez, garante que não vai deixar ‘para depois’; ele vai deixar para quem vier depois de 2020.

Dizem que o Prefeito de Paulo Ramos, Deusimar Serra, zangado com reclamações sobre salários, pelo dia e pela noite, ‘bateu o martelo’: ele não vai pagar o DÉCIMO TERCEIRO, nem que chova canivete. Mas Deusimar Serra fez uma ‘contraproposta’: ele combina de pagar o 14º. Salário, uma coisa que ninguém fez, até agora, no Município, por isso, uma novidade e tanto. Vai entrar para a história, como ele tem dito. Esse Deusimar...

Dizem que, em função das dificuldades econômicas e políticas, no País, Deusimar Serra vai pedir à Câmara Municipal autorização para governar através de ‘TELÃO’, como ele fez no Evento de Natal, na última quinta-feira, 20, pegando todo mundo de surpresa, inclusive a organização do Evento, que achava que o Prefeito estava no ‘camarim’, aguardando ser chamado.

Até a mãe do Prefeito, presente ao Evento, quando ouviu sua fala, correu; andou perto de abraçar o ‘Telão’, de tanta saudade do filho. Realmente, não tem como esconder a saudade, por razões que dispensam comentários...

E o ‘Evento de Natal’ do Prefeito de Paulo Ramos mostrou que Deusimar Serra vai fazer muita ‘economia’ em 2019... o exemplo foi claro: a Prefeitura distribuiu 5 prêmios naquela noite, incluindo uma geladeira. Economizar vai ser o ‘lema-central!

Uma pessoa me ligou, ontem, para dizer que Deusimar Serra está aplicando uma receita velha, construída pelo italiano Nicolau Maquiavel: o mal se faz de uma vez só; já o bem, esse tem que ser feito aos poucos.... Ainda bem que Deusimar Serra não tem o hábito da leitura!

A coisa tá braba, meu amigo! Está tudo bagunçado... aliás, a bagunça chegou no nível da esculhambação...

E para falar de esculhambação, um amigo meu me confidenciou que, ontem, estava dando uma trepada, quando sua mulher, talvez por força do subconsciente, disse: ‘já pensou se o décimo chegar?’. Não deu outra: todo o ambiente esculhambou. Que desgraça! A desgraça, quando é original, basta o cheiro.

Chegou a hora de partir, com minha turma! Chegou a hora de um descanso merecido, para compensar o esforço pela ‘criatividade’, em momentos de crise aguda....

Será que um whiskizinho pegaria bem? Se os credores chegarem, a gente faz de conta que os bolsos estão cheios, pra animar o sujeito!!

Um bom domingo de Natal!!

*José Alex Barroso é advogado, assessor jurídico municipal e escritor, integrante dos quadros da NALAL – Núcleo Acadêmico de Letras e Artes de Lisboa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário